Na plenitude da graça – Pe Léo SCJ

Na plenitude da graça – Pe Léo 09/02/2003

Eclo 30-22 seguintes…Não entregues tua alma a tristeza.Joga a tristeza para longe do seu coração.Não atormentes a ti mesmo em teus pensamentos.A alegria do coração é a vida do homem e um inesgotável tesouro de santidade.A alegria do homem torna mais longa a vida.Torna-te agradável a Deus e sê firme.O que me torna feliz ou infeliz não são as coisas exteriores..é eu olhar pros meus fracassos com lente de aumento e ficar com pensamentos negativos… Padre Léo indica como seguir o caminho da Graça e abandonar as murmurações. Fala que a nossa fé precisa ser uma fé que tem o poder de gerar vida, a partir de cada um de nós, pois fé que não gera vida, não deve ser uma fé verdadeira, por isso não deve ser vivida, por que a fé verdadeira nos leva a enxergar a Deus, e nos impulsiona a sermos pessoas cheias do Espirito Santo. É difícil Amar quem nos ofendeu,quanto mais você ama uma pessoa, mais você irá sofrer, enquanto você não colocar Jesus como o referencial, você não vai ser feliz, precisamos mudar alguma coisa em nós. Precisamos rezar uns pelos outros, em grupos, precisamos fazer essa oração: Confesso a Deus e a vós irmãos e irmãs…, temos que tirai as mascaras, e não esconder os nossos defeitos. Confesso a Deus todo poderoso, e a vós irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes, por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa… Se nós rezarmos esta oração, já estamos fazendo uma oração de rezando a vida. Ai de mim se eu não evangelizar, ai de mim se dia e noite eu não rezar.

Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista. 09/02/2003. / Acampamento de Cura interior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *